Sustentabilidade

Confira nossos projetos de Ação Social

CAUSA SOCIAL

Em 2014, a Megamatte decidiu ampliar sua atuação socioambiental e, com isso, garantir impactos mais significativos dentro das áreas de sustentabilidade e responsabilidade social. Para isso, desenhou uma Política de Investimento Social e um Programa de Responsabilidade Socioambiental. Ambos tiveram como base o DNA da Megamatte, que serviu para nortear a identificação do que chamamos de vocação social da empresa, sua Causa Social.

Por acreditarmos que uma atuação social de peso precisa, antes de tudo, ser enxergada como relevante pelo principal público de uma empresa, seus funcionários, colaboradores e parceiros, a definição da Causa Social da Megamatte se deu de forma participativa, refletindo os olhares e percepções de representantes de diversas áreas da instituição, bem como de seus franqueados.

Portanto, do ponto de vista social, a Megamatte tem como objetivo contribuir com o Desenvolvimento de crianças e adolescentes através da educação e do aprimoramento do contexto familiar.

A POLÍTICA DE INVESTIMENTO SOCIAL

A Política de Investimento Social da Megamatte nasce com o intuito de orientar o investimento social e ambiental da empresa e potencializar sua atuação no campo da responsabilidade socioambiental. O documento, desenvolvido após a definição de Causa Social, estabelece diretrizes de atuação no que se refere a públicos, área geográfica, temáticas e projetos a serem trabalhados e apoiados.

Além disso, a Política representa o compromisso da Megamatte com a responsabilidade socioambiental que, nos dias de hoje, tem se mostrado essencial para o equilíbrio entre as oportunidades de negócios, as necessidades da sociedade e o bem-estar das gerações futuras. Acesse a Política na íntegra aqui

A MEGAÇÃO

A Megação é uma ação social anual desenvolvida pela Megamatte desde 2011, que dedica um dia do ano para ajudar ao próximo. A campanha repassa todo o lucro da venda do mate e do guaraná desse dia para instituições que desenvolvem trabalhos sociais, sempre alinhado à sua Causa Social. Desde 2014, no entanto, com a reformulação da sua atuação social, a empresa passou a destinar o lucro da venda desses produtos durante a Megação para a Associação Saúde Criança, ONG que existe desde 1991 num sistema de franquia social.

“A Associação Saúde Criança é um empreendimento social, sem fins lucrativos e sem filiação política ou religiosa, que criou uma metodologia pioneira visando a reestruturar as famílias de crianças com doenças crônicas e vítimas da desigualdade social, e promover o seu autos sustento.

Como a pobreza e a miséria são multidimensionais, o Saúde Criança trabalha de forma multidisciplinar e integrada em cinco áreas: saúde, moradia, cidadania, renda e educação. Portanto, atua no cerne da inclusão social promovendo o desenvolvimento humano.”

Definição da própria organização, obtida no site www.saudecrianca.org.br

A parceria com a Saúde Criança, fruto da Megação, se dá através do apoio ao Projeto Culinária:

  • Projeto capacita tecnicamente as mulheres das famílias atendidas pela Saúde Criança

  • O público atendido é composto primordialmente por mulheres em situação de vulnerabilidade, com baixa escolaridade, filhos muito doentes e em tratamento hospitalar, muitas delas ocupando a posição de responsáveis pelo domicílio, moradoras de localidades distantes dos locais onde os filhos estão sendo tratados e, na maioria das vezes, sem renda mensal ou qualificação profissional.

A grande maioria dos familiares das crianças atendidas pela Saúde Criança não possui fonte de renda e também nenhuma qualificação profissional. A profissionalização destas famílias é fundamental para que elas saiam do ciclo da assistência e realmente caminhem rumo à dignidade social. Seus objetivos são, portanto:

  • Oferecer às famílias assistidas ferramentas que aumentem a possibilidade de trabalho e geração de renda

  • Desenvolver oficinas focadas na capacitação profissional, cursos externos (qualificação profissional) e doação de instrumentos de trabalho.

  • Oferecer oficinas de competências pessoais com programações adequadas às exigências do mercado, tais como: postura profissional, apresentação, superação, motivação, além de estimular o empreendedorismo para criação de trabalhos associativos.

A área de profissionalização da Saúde Criança conta, desde 2003, com a consultoria do Senac para aferir e qualificar o desempenho do projeto, assim como estabelecer as recomendações estruturais, técnicas e pedagógicas necessárias e elaboração de um plano de monitoramento e avaliação para os projetos profissionalizantes.

Por acreditar que a empresa pode contribuir para além da transferência financeira, foi elaborado um calendário de palestras com o objetivo de complementar a capacitação das mães que participam do Projeto Culinária. Essas palestras, ministradas por voluntários que fazem parte da equipe da empresa, abordam temas como superação, empreendedorismo, planejamento e finanças, marketing e formação de preços, etc.